O passado 13 de Novembro celebrou-se em Buenos Aires o Workshop: “Gestão de PME inovadoras em América Latina: desafio para o desenvolvimento das PME e oportunidades para as Instituições de Educação Superior da Região”, convocado pela Universidade Nacional de Quilmes (Argentina), a Universidade da Fronteira (Chile), a Universidade Autónoma Metropolitana (México), a Agência GIZ (Alemanha) e a Rede Universidade Empresa América Latina e União Européia (Rede UE-ALCUE).

O encontro faz parte do projeto sobre “Gestão de PME inovadoras em América Latina”, auspiciado por GIZ e UAM (México), e que se desenvolveu conjuntamente com professores da Universidade Politécnica de Valência (Espanha) e da Fundação Universidade- Empresas da Universidade das Ilhas Baleares.

O propósito do projeto é que existem na América Latina um conjunto de PMEs com fortes potencialidades inovadoras, particularmente as chamadas Empresas de base tecnológica (EBT), mas estas enfrentam habitualmente dificuldades no seu desenvolvimento pelos seus limites para gerir os processos de inovação. Assim mesmo, o projeto reconhece que há outro conjunto mais reduzido de PME que são inovadoras no contexto das complexas circunstâncias das economias locais, cujas práticas podem ser fonte de experiência para o conjunto deste actor. Por último, neste trabalho assume-se que uma dificuldade que enfrentam as PMEs desejosas de inovar é que carecem dos meios e as condições para obter os recursos de gerencia e de conhecimento, no qual as universidades poderiam ser um actor muito positivo. No entanto, isto choca com o conhecido fenómeno nos sistemas de inovação da região como é a débil vinculação universidade- empresa. No tema específico deste projeto, isso significa que as universidades de América Latina não estão a formar um eixo central para estabelecer dita relação como são os promotores/ gestores da inovação empresarial em general, e particularmente das PME, considerando tanto as melhores práticas internacionais como as particulares condições locais.

O objetivo do encontro foi, por tanto, compartilhar reflexões e propostas de intervenção para o impulso do tema sobre gestão de PME inovadoras na perspectiva latino-americana, a nível de:

  1. Políticas públicas da América Latina para impulsionar a inovação das PME com ênfase naquelas que consideram as dimensões micro-económicas e os seus efeitos.
  2. Identificação e medida das práticas inovadoras das PME na região, no marco geral das iniciativas regionais do tipo do Manual de Bogotá.
  3. Diferentes métodos de gestão observados no trabalho de campo assim como os casos de sucesso por parte de PME inovadoras latino-americanas.

No este encontro participaram empresas de diferentes países:

  • PharmADN (Argentina). Laboratório nacional avançado, dedicado à produção de terapias inovadoras que contribuem soluções de última geração para a saúde humana. Faz parte de um consórcio público – privado de investigação, desenvolvimento e inovação. Na sua planta equipada com tecnologia ponta produz anticorpos monoclonais para o tratamento de diferentes tipos de cancro (mama, pulmão, cólon e reto) e de doenças auto-imunes como a artrite reumatoide. A sua planta articula o sistema científico-nacional com o setor produtivo e complementa-se com a planta de Sinergium Biotech, que leva adiante os processos de formulação e embalagem destes produtos farmacêuticos biotecnológicos. A companhia é cofundadora da Câmara Argentina de Biotecnologia (CAB) e os seus pesquisadores participam em diversos corpos colegiados; entre eles a Farmacopea Nacional Argentina, o grupo Bio da Câmara Industrial de Laboratórios Farmacêuticos Argentinos (CILFA), a Associação Latino-americana de Indústrias Farmacêuticas (ALIFAR), a Comissão Plataforma Biotecsur (Mercosul) e o Centro Argentino Brasileiro de Biotecnologia (CABBIO). O consórcio, recebeu o apoio do Fundo Setorial de Biotecnologia do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva.
  • Calzart (Bolívia). Grupo industrial dedicado à manufatura e comercialização de calçados e artigos em couro. A sua missão é elaborar calçados, prendas de vestir e artigos de couro de uma excelente qualidade, duração e elegância, bem como proporcionar serviços de capacitação especializada em couro. Atualmente oferece franquicia sobre os seus produtos, garantindo a obtenção de benefícios justos para seus membros.
  • BIOREPRO Ltda (Chile). Empresa de base tecnológica dedicada à indústria salmonera, oferecendo uma ampla faixa de serviços na área de criopreservação genética e manobra de reprodutores. Entre eles, um inovador serviço de crio-preservação de sémen de espécies salmónidas, o qual surge da investigação científica sobre crio-preservação de gametos em mamíferos e salmónidos, obtendo resultados que permitem massificar as técnicas desenvolvidas e oferecendo a escala comercial. Além disso, a técnica permite manter um reservatório genético em caso de doenças ou desastres, o que faz que a inovação cobre maior relevância no contexto da grave catástrofe económica e ambiental ocasionada pelo vírus ISA.
  • OSP International CALA (Colômbia). Empresa de base tecnológica dedicada ao desenvolvimento de soluções tecnológicas de verificação, inventário e diagnóstico de redes e infra-estrutura, soluções de software para automação de processos, com alto reconhecimento em Telcos de Latino América (mais de 15 operadores em 8 países) e presença comercial na maioria de países da região. Assim mesmo a companhia integra projetos com sócios tecnológicos de tamanho internacional (Consultronics/EXFO, AFC/Tellabs, entre outros) em áreas de transporte, acesso, gestão e planta externa, para operadores de telecomunicações. No área de serviços, OSP conta com um alto conhecimento em infra-estrutura de redes de telecomunicações e desenvolvimento de software (sistemas de informação, automação de processos), isto permite desenvolver numerosos projetos de consultoria, interventora, acompanhamento tecnológico, verificação de infra-estrutura, entre outros.
  • Grupo Devant (México). Empresa dedicada à Consultoria Especializada em Tecnologias de Informação e Comunicações, com quase 20 anos de experiência, que brinda assessoramento a empresas do setor Financeiro, Produtivo e de Serviços. Conta com os recursos humanos e tecnológicos, para oferecer soluções de sucesso baseadas em Tecnologias Eficientes e Inovadoras, sob estritos standardes de qualidade.

Os resultados deste workshop podem encontrar-se no site do evento: Workshop “A gestão da inovação em PME de América Latina”, onde têm disponíveis as apresentações e materiais do evento.

ovtt.post-categories.explore