Desde da República Dominicana para a toda região latinoamericana, nascem os Prémios Inovadores América, apoiados pelo CAF, o Banco de Desenvolvimento na América Latina, e organizados pela INNOVAMERICA. Pode saber más sobre eles na web: www.innovadoresdeamerica.org.

Conversamos com os organizadores desta iniciativa, criada para premiar aqueles que desenvolveram projetos inovadores da América Latina, nas categorias de ciência e tecnologia, educação, comércio e indústria, design, desenvolvimento comunitário, sustentabilidade e ecologia.

Esta iniciativa visa promover a inovação e criatividade na América Latina com o objetivo de popularizar esses conceitos entre os jovens. Além de ser uma iniciativa original para resgatar mentes brilhantes da América Latina, Innovadores América espera incentivar novas gerações para que as crianças de amanhã não apenas sonham em tornar-se um Maradona ou uma Paulina Rubio, mas um Dionisio Soldevila, descobridor de músculos desconhecidos no organismo humano, até que o seu descobrimento foi publicado, ou numa Concepción Campa descobriu uma vacina para prevenir a meningite.

Innovadores América tem recebido desde Abril mais de 350 inscrições de toda a América Latina. Entre as inovações nomeadas, há uma significativa participação da Venezuela, Colômbia, República Dominicana, Argentina, Peru, Costa Rica, Brasil, Uruguai, Bolívia, Chile, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá e Paraguai, entre outros.

Durante o mês de Setembro se escolherá os vencedores das seis categorias dos Prémios Inovadores América.Cada um receberá a quantia de 40.000 dólares e se realiza em Santo Domingo, República Dominicana, o proximo 24 de Novembro.

Esta iniciativa é liderada por Patricia Janiot, comentarista da CNN em espanhol, juntamente com personalidades como Familia Pages (República Dominicana), Gustavo Sorzano (Colômbia) e Aldo Espinosa (Colômbia).

Mais informações: Innovadores América

ovtt.post-categories.explore