Os indicadores de ciência, tecnologia e inovação representam instrumentos de medida, análise e comparação internacional que ajudam a compreender a evolução das actividades de I&D nos sistemas de ciência, tecnologia e inovação. Contribuindo assim com dados estatísticos estratégicos para a inteligência tecnológica.

Nesta guia prática sobre indicadores de ciência, tecnologia e inovação encontrará toda a informação sobre estes indicadores especializados e assim aproveitar o seu valor informativo na tomada de decisões no contexto da I&D.

Tipo de Indicadores

Os indicadores permitem avaliar progressos e fornecem informação que ajuda a simplifica a realidade para uma correcta análise. Apoiam a compreensão de fenómenos complexos, a detectado de padrões de comportamento e a descoberta de tendências de futuro, orientando assim uma tomada de decisões consciente e informada

Em gestão da inovação, os indicadores de ciência, tecnologia e inovação contribuem com dados estatísticos estratégicos imprescindíveis tanto para a formulação de políticas públicas como de investimento em I&D para as empresas e organizações.

Por isso, antes de eleger os indicadores de I&D mais eficazes em cada projecto, é importante revisar as tipologias de indicadores de I&D disponíveis e ter em conta que estão em constante desenvolvimento. Os mais relevantes são:

  • Indicadores de contexto, por exemplo sobre políticas e investimento em I&D (pública e privada) ou evolução de mercados tecnológicos, entre outros.
  • Indicadores de actividade em I&D.
  • Indicadores de patentes.
  • Indicadores de inovação.
  • Indicadores bibliométricos.
  • Indicadores sobre talento em I&D.
  • Indicadores sobre cultura científica.
  • Indicadores sobre vinculação universidade-empresa.
  • Indicadores sobre empreendimento.
  • Indicadores sobre formação e mobilidade.

Também, para solventar problemas comuns na eleição destes indicadores de I&D, é recomendável indagar tanto nos manuais metodológicos internacionais que garantem a validade, medida e comparação destes instrumentos de coleta de informação, como aproveitar as plataformas de dados e ferramentas de open data que a maioria dos organismos produtores de indicadores têm em aberto.

Monitorização dos Indicadores, vantagens.

Assim como com os KPI (Key Performance Indicator) indicadores de avaliação do rendimento são imprescindíveis para avaliar o sucesso ou eficiência da gestão em qualquer actividade, cada vez mais as organizações precisam alimentar quadros de comando integrais (Balanced Scorecard), para estar atualizados e ao dia sobre no seu meio interno e externo. 

Os indicadores de ciência, tecnologia e inovação provêem dados e insumos a estes quadros de comando, com os que seguir sistematicamente os pontos importantes da evolução do ambiente da organização. Ajudando a compreender as mudanças do contexto socioeconómico geral e do ambiente do mercado em particular. 

Como fontes para um sistema de vigilância, monitorização e inteligência organizacional, é imprescindível conhecer como se estruturam estes indicadores de I&D. Por exemplo, identificando em cada caso, segundo o alcance do negócio, qual é o organismo produtor de indicadores de I&D mais adequado e também que guias metodológicas se aplicam e ferramentas de consulta disponíveis na Internet para poder aproveitar, sobretudo a partir do desenvolvimento do open data na Iberoamérica.

Organismos produtores de Indicadores I&D

As principais organizações dedicadas à produção e difusão de indicadores de ciência, tecnologia e inovação podem ser internacionais, regionais, nacionais e especializadas. Os mais relevantes são:

Com respeito aos organismos produtores de indicadores de I&D nacionais cada vez são mais os países iberoamericanos com observatórios nacionais especializados, como por exemplo:

Sistemas e instrumentos de información de I&D

revolução dos dados actual está a permitir o acesso a novas ferramentas especializadas em extrair o máximo valor informativo de fenómenos como o open access, o open data e, inclusive, o big data.

A aplicação aos indicadores de ciência, tecnologia e inovação está a transformar o aproveitamento desta fonte de informação para a inteligência estratégica. Assim, além das ferramentas da cada organismo produtor de indicadores de I&D a cada vez mais países oferecem recursos e ferramentas de informação em aberto como:

Em #MoocVT encontrará a secção #Open_tools, com ferramentas especializadas para a vigilância, monitorização e inteligência tecnológica ao alcance de todos, bem como recursos de aprendizagem e exercícios para aproveitar o valor desta informação na elaboração de produtos e análises de vigilância tecnológica.