A RedEmprendia lança uma nova edição do programa BoosterWE, para apoiar a criação de novas empresas pelos membros da comunidade universitária da América Latina, Espanha e Portugal. Este programa conta com o suporte de Fomin-BID e do Banco Santander -através de Santander Universidades-, oferece a quem tenha interesse em empreender uma experiência internacional única para adquirir e melhorar conhecimentos em gestão empresarial, liderança e novos mercados.

BoosterWE define-se como uma “escola de negócios ao vivo” que fomenta a aprendizagem prática através de estágios – entre um e três meses de duração – nas empresas inovadoras de sucesso da região ibero-americana. A cada participante se dá uma bolsa de até 6.000 euros para cobrir as despesas de viagem, alojamento e seguros. O programa oferta um total de 112 bolsas nesta edição.

Além disso, nesta edição, o programa oferece um apoio adicional ao talento feminino, para favorecer a incorporação da mulher ao empreendimento de base científica e tecnológica. Para isso, as mulheres com filhos menores de 4 anos que participem no programa poderão optar a uma ajuda adicional de até 1.500 euros para lhes permitir viajar com a família. Destina-se 15.000 euros para premiar os 5 melhores projetos empreendedores liderados por mulheres e levar a suas promotoras a WeXchange o maior evento dedicado ao empreendimento feminino da América Latina e Caraíbas.

Como participar no BoosterWE?

O prazo de inscrição no programa está aberto até ao 15 de Julho de 2016. Para participar só é necessário registar-se em web de RedEmprendia e preencher o formulário BoosterWE. Podem apresentar candidatura os universitários e universitárias que cumpram estes dois requisitos:

  • Contar com um projeto empresarial ou com uma empresa já constituída (sempre que esta não tenha mais de 1 ano de vida).

Mais informação: RedEmprendia

ovtt.post-categories.explore